FASETE - Faculdade de Sete de Setembro

Revista Rios Eletrônica

Revista Eletrônica da Faculda Sete de Setembro - FASETE
ISSN 1982-055


Edição 2018

AUTO MEDICAÇÃO COM ANTIBIÓTICOS E SUAS CONSEQUÊNCIAS FISIOPATOLÓGICAS: UMA REVISÃO

José Guedes da Silva Júnior / Claudiane Galindo da Silva Tavares / Talyta Valéria Siqueira do Monte3 / Weber Melo do Nascimento / João Ricardhis Saturnino de Oliveira / Maria Auxiliadora Macêdo Callou

RESUMO

A automedicação é uma prática que ocorre frequentemente em nosso cotidiano, no Brasil e no mundo, com a utilização de medicamentos por conta própria ou por indicação, para alivio de sinais e sintomas percebidos por um indivíduo sem ter uma prescrição adequada. Trabalho que tem como objetivo estudar sobre a automedicação com antibióticos que é considerada uma importante causa no desenvolvimento de resistência bacteriana aos antibacterianos. Resultando de uma revisão bibliográfica, elaborado a partir de artigos científicos. Diante do estudo pôde ser percebido que há vários fatores que levam a automedicação e a resistência bacteriana, o Brasil se encontra em 5 ° posição em automedicação, tendo como causa as publicidades de medicamentos, precárias condições no atendimento à saúde, falta de informações e toxicidade sobre os fármacos, falta de ética profissional em alguns casos, entre outros. Para que esses problemas de automedicação sejam minimizados é necessário que as organizações de saúde em conjunto com os profissionais entrem em acordo e tenham em vista a diminuição dessas práticas rotineiras com a utilização racional de medicamentos em geral, através de medidas preventivas.

PALAVRAS-CHAVE: Medicamentos. Resistência bacteriana. Multirresistência. Revisão.

ABSTRACT

Self-medication is a practice that occurs frequently in our daily life, in Brazil and in the world, with the use of medicines for own account or for indication, for the relief of signs and symptoms perceived by an individual without having an adequate prescription. Work that aims to study on self-medication with antibiotics is considered an important cause in the development of bacterial resistance to anti-bacterial. Resulting from a bibliographical review, elaborated from scientific articles. Before the study could be perceived that there are several factors that lead to self-medication and bacterial resistance, Brazil ranks 5 th in self-medication, due to drug advertising, poor health care, lack of information and toxicity on drugs, lack of professional ethics in some cases, among others. In order for these self-medication problems to be minimized, it is necessary for health organizations, together with professionals, to agree and to reduce these routine practices with the rational use of medicines in general through preventive measures.

KEYWORDS: Medications. Bacterial resistance. Multiresistance. Review.

PDF


Conteúdo da revista

Pesquisa

Indexadores

  • Capes!
  • Capes!
  • Scopus
  • WoS
  • Scielo
  • BVS

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino LTDA
Rua Vereador José Moreira nº 1000 - Perpétuo Socorro - CEP: 48603-004 - Fone/Fax: (75) 3501-0777 - Paulo Afonso - Bahia - Brasil