FASETE - Faculdade de Sete de Setembro

Revista Rios Eletrônica

Revista Eletrônica da Faculda Sete de Setembro - FASETE
ISSN 1982-055


Edição 2017 - n. 14

O CUIDAR DO ENFERMEIRO AO PACIENTE COM ANEMIA FALCIFORME

Elika Laurine Vieira Galdino / José Fernando Marques Barcellos / Kirley Michelly Marques da Silva

RESUMO

A Doença Falciforme é milenar, de caráter hereditário, ancestral e étnico, com elevada incidência no mundo. Apresenta uma prevalência entre os negros, porém, não pode ser considerada exclusiva desta população, podendo esta, acometer qualquer indivíduo, caracterizadas pela alteração na estrutura da cadeia de beta-globina, levando à produção de uma hemoglobina anormal, denominada hemoglobina S. O objetivo desse estudo é descrever o cuidado do enfermeiro ao paciente com anemia falciforme. O presente artigo foi realizado através de pesquisa bibliográfica, exploratória, com abordagem qualitativa. Foi realizada uma busca por trabalhos científicos que aborde o tema nas bases de dados correspondentes incluindo a BVS, SCIELO, MEDLINE, utilizando os seguintes descritores: Cuidado de enfermagem, Anemia Falciforme e Assistência de Enfermagem. No cuidado ao paciente que possui anemia falciforme, o enfermeiro é peça fundamental nesse processo de cuidar, pois estabelece estratégias de participação ativa no autocuidado, orientações terapêuticas que estimulem a continuidade do tratamento, bem como as ações educativas que influenciam na promoção à saúde, tendo como principal meta a melhoria da qualidade de vida destes pacientes, reduzindo assim a incidência de complicações agudas e crônicas que repercutem diretamente no seu meio de convivência tanto físicas como sociais. O enfermeiro busca a promoção, prevenção, recuperação e reabilitação desse paciente, desenvolvendo uma assistência de enfermagem individualizada e qualificada. Fica evidente que muito deve ser feito para atingir um atendimento satisfatório a esse grupo, e quanto maior for à propagação de informações para melhoria no cuidado aos pacientes com a doença falciforme, mais essas pessoas serão beneficiadas.

PALAVRAS-CHAVE: Cuidado. Anemia Falciforme. Assistência de enfermagem.

ABSTRACT

Sickle cell anemia is a millenary disease, characterized by being hereditary, ancestral and ethnic, with high incidence around the world. It’s more common among black people, but can’t be considered exclusivity of this population, being possible to reach any individual. It consists of the alteration in the structure of the beta-globin chain, causing the production of abnormal hemoglobin, known as S Hemoglobin. This work aims to describe the care of the nurse with a sickle cell patient. It was conducted through bibliographical, exploratory, and qualitative research. It was necessary to search for scientific works about the theme in the corresponding databases, including BVS, SCIELO and MEDLINE, making use of the following describers: nursing care and sickle cell anemia. In what concerns the assistance for sickle cell patients, the nurse plays a fundamental part in the process of taking care, because it establishes strategies of active participation in the self-caring, a therapeutic orientation that stimulates the continuity of treatment. They also promote educative actions to support healthy practices and improvements in life quality of these patients, thus reducing the chance of both acute and chronic complications that may directly impact their environment. The nurse seeks for the promotion, prevention, recovering and rehabilitation of the patient, developing an individual nurse assistence. It is evident that there is a lot to be done yet in order to reach a satisfactory service for this group, and the more information is spread about the improvement in the assistance of people who suffer from sickle cell anemia, the more these people will be benefited.

KEYWORDS: Care. Sickle cell anemia. Nursing Assistance.

PDF


Conteúdo da revista

Pesquisa

Indexadores

  • LatIndex
  • LivRe!
  • LivRe!

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino LTDA
Rua Vereador José Moreira nº 1000 - Perpétuo Socorro - CEP: 48603-004 - Fone/Fax: (75) 3501-0777 - Paulo Afonso - Bahia - Brasil