FASETE - Faculdade de Sete de Setembro

Revista Rios Eletrônica

Revista Eletrônica da Faculda Sete de Setembro - FASETE
ISSN 1982-055


Edição 2017 - n. 14

NÍVEL DE FLEXIBILIDADE DE ATLETAS DE JUDÔ DA CATEGORIA SUB 18 NA CIDADE DE ARACAJU/SE

Lúcio Flávio Gomes Ribeiro da Costa / Maynara Silva de Carvalho

RESUMO

Esse trabalho tem como objetivo mostrar se há interferência do peso corporal na flexibilidade em atletas de judô da categoria sub-18 masculino, na cidade de Aracaju/SE, para compor a amostra foram selecionados judocas com prática mínima de um ano de treinamento, foi realizada a divisão das 8 categorias relacionadas com os pesos. Esses judocas foram avaliados no teste do banco de Wells (sentar e alcançar), no qual podemos verificar o nível de flexibilidade dos mesmos. Pode-se avaliar e comparar a diferença na flexibilidade em cada categoria existente no judô, no presente estudo a resposta mais positiva foi na categoria -73kg e a resposta mais negativa na categoria +90kg, consequentemente vimos que o peso corporal existente nesses atletas interfere significativamente numa resposta favorável ou desfavorável referente ao flexionamento desses indivíduos. Entretanto, ão podemos generalizar, pois cada pessoa tem um tipo de fibra muscular, tem a sua individualidade biológica na qual explica como um pode ser mais flexível que o outro, ainda que com a mesma quantidade de massa corpórea.

PALAVRAS-CHAVE: Flexibilidade. Judô. Composição Corporal. Treinamento

ABSTRACT

The objective of this work is to show if there is any interference of body weight in the flexibility of Judo athletes of the male sub-18 category in the city of Aracaju, Sergipe state. To compose the samples, it was selected Judo fighters with at least one year of training, divided in the 8 categories related to the weight. These judokas were evaluated in the Wells’ bench test (sit and reach), in which it is possible to identify their level of flexibility, making possible to evaluate and compare the difference of flexibility in each Judo category. In this research, the most positive result was found on the category -73kg, and the most negative, on +90kg, allowing us to infer that the athlete’s weight significantly interferes in a favorable or unfavorable response in what concerns their flexibility. However, we cannot generalize, for each individual has a different kind of muscular fiber and biological individualities, what explains how one person can be more flexible than other even if they share the same weight.

KEYWORDS: Flexibility, Judo, Body Composition. Training

PDF


Conteúdo da revista

Pesquisa

Indexadores

  • LatIndex
  • LivRe!
  • LivRe!

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino LTDA
Rua Vereador José Moreira nº 1000 - Perpétuo Socorro - CEP: 48603-004 - Fone/Fax: (75) 3501-0777 - Paulo Afonso - Bahia - Brasil