Baixe o aplicativo da FASETE e tenha acesso rápido ao Portal Acadêmico no seu celular

Enfermagem

Projeto de educação e saúde realizado por alunos do curso de Enfermagem

- Profª Vannucia Nóbrega
Crédito: Divulgação Projeto de extensão contempla atividades lúdicas desenvolvidas por alunos de Enfermagem da Fasete.
Projeto de extensão contempla atividades lúdicas desenvolvidas por alunos de Enfermagem da Fasete.

Saúde é definida pela Organização Mundial da Saúde como um "estado de completo bem estar físico, mental e social”, e, não apenas a ausência de doença. Mas será que esse “estado” existe mesmo?

A primeira conclusão que podemos chegar é que, a saúde depende de muitos outros fatores. No nosso País, por exemplo, a Lei Orgânica da Saúde (Lei n.º 8.080/90), define no artigo 3º que a saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, dentre outros, a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais.

No entanto, sabemos que a realidade é contraditória e apresenta problemas que no dia-a-dia contribuem para o aparecimento de condições que vão gerar a saúde ou a doença. Sabemos que a saúde é amplamente influenciada pelo ambiente em que vivemos, assim, quando trabalhamos com crianças, entendemos que a escola é o espaço ideal para produzir saúde.

Educação para a saúde na escola significa a formação de atitudes e valores que levam a criança ao comportamento inteligente. Não se limita a dar conhecimentos, mas sim, preocupa-se em motivar a criança para aprender, e torná-la capaz de desenvolver novos hábitos. Para tanto, as atividades lúdicas tem muito a contribuir, uma vez que garante a criança o seu direito de brincar, bem como, estimula o desenvolvimento sócio-cognitivo das mesmas.

É nessa perspectiva, que os acadêmicos do Curso de Enfermagem da FASETE, juntamente com a Profª Dra. Érika Nunes e o apoio da Coordenação de Curso, desenvolveu o projeto de extensão “Educação em saúde: uma ferramenta necessária na prevenção das parasitoses”.

As atividades foram desenvolvidas no CEMPA no período de 13 a 30 de novembro de 2012, por meio de fantoches, peças teatrais, jogos e brincadeiras. A seguir, algumas das criações dos nossos alunos: os parasitas intestinais no picadeiro da prevenção; fantoches da saúde; os super heróis da saúde; a lombriga malvada; o senhor minhocão e o vilão das mãos sujas.

Agradecemos o apoio da Direção e Coordenação do CEMPA em abraçar nossa proposta. As atividades seguem para os próximos semestres, noutros espaços.

Leia Mais

1 até 9 de 184 Próximo »   Último »
Credenciada: FIES Prouni
Associada:
  • ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância
  • ABMES - Associação Brasileira de Montenedoras de Ensino Superior
  • Crea-BA: Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia
  • MUTUA - Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA