Edição 2018

RELAÇÃO ENTRE DEGRADAÇÃO AMBIENTAL E DESIGUALDADE SOCIAL: REFLEXÕES SOBRE O CONTEXTO ATUAL DO BRASIL

Ricardo Alexandre Pereira de Mendonça / Iolanda Francisca da Silva / Juliana Marques de Souza Gomes / Jacques Fernandes Santos

RESUMO

O presente trabalho buscou discutir a relação entre pobreza, desigualdade social e degradação ambiental. O procedimento técnico para confecção do trabalho foi a pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa. Observa-se uma piora na economia brasileira a partir do ano de 2015, refletindo diretamente nos indicadores sociais, agravando a pobreza de milhões de pessoas em várias regiões do país. Essas populações acabam a mercê da própria sorte, vulneráveis a vários riscos sociais e ambientais, reféns de um Estado ineficiente, que historicamente favoreceu apenas uma pequena parcela privilegiada da população. O ambiente urbano, acaba perpetuando essas desigualdades, através do consumismo desenfreado, levando os mais pobres a se instalarem em locais menos valorizados e insalubres, produto da voraz exploração por recursos naturais, reduzindo a qualidade de vida dos que ali vivem, e agravando os problemas ambientais já existentes.

PALAVRAS-CHAVE: Desigualdade; Vulnerabilidade Socioambiental; Qualidade de vida.

ABSTRACT

The present research paper sought to discuss the relationship between poverty, social inequality and environmental degradation. The technical procedure for the preparation of the work was the bibliographical research, with a qualitative approach. There is a worsening of the Brazilian economy starting in 2015, reflecting directly on social indicators, aggravating the poverty of millions of people in various regions of the country. These populations end up at the mercy of their own fate, vulnerable to various social and environmental risks, hostages of an inefficient state, which historically favored only a small portion of the population. The urban environment ends up perpetuating these inequalities through unbridled consumerism, leading the poor to settle in less valued and unhealthy places, a product of the voracious exploitation of natural resources, reducing the quality of life of those living there, and aggravating the problems environmental impacts.

KEYWORDS: Inequality; Socioenvironmental Vulnerability; Quality of life.

PDF

FASETE - Faculdade Sete de Setembro
Avenida Vereador José Moreira, nº 1000 - Perpétuo Socorro - CEP: 48603-004
Fone/Fax: (75) 3501-0768
Paulo Afonso - Bahia - Brasil
FASETE